Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Má que jête?

Este mundo tá passado dos carretos ´moss!

Má que jête?

Este mundo tá passado dos carretos ´moss!

19
Dez14

Ao senhor que tanto me ensinou

Susana

Lembro-me como se fosse hoje o dia em que o conheci, era Inverno e trazia uma capa azul pelas costas, uma capa que quase chegava ao chão, os cabelos impecavelmente penteados, completamente brancos, figura imponente, sábia mas de olhos matreiros e reguilas e com uma vontade enorme de conversar.

Era eu uma algarvia perdida por Lisboa à procura de estágio e fui parar ao instituto através de um conhecido mutuo, fiquei com o estagio e acabei por lá ficar a trabalhar durante quase 12 anos, 12 anos parece tanto e agora parece tão pouco, olho para trás e penso que o tempo corre depressa demais.

Tanto de bom e de mau se passou e aquele sitio para sempre estará gravado dentro de mim, aquele homem que tanto lutou para ter um nome, que tanta gente tratou, aquele homem de feitio apurado, que nos fazia chegar os nervos ao limite, esse homem que tantas vezes me pediu para estacionar o carro, registar o euro milhões ou simplesmente ouvir pela milésima vez historia da sua vida, esse homem não vou esquecer nunca, fisioterapia é um nome que para mim estará sempre ligado a ele.

Esse homem, Sr. Carlos Pereira Fernandes meu primeiro patrão morreu hoje, um homem com historia, um homem GRANDE, um homem com uma gargalhada potente e com muitos amigos e que já não me tratava por funcionária e sim por amiga "a minha amiga Susana e a minha amiga Carla", assim nos tratava nas últimas vezes que o vimos.

Ele gostava muito de uma frase do Dali Lama e um dia "embirrou" que haviamos de imprimir uns cartões com essa frase ao lado da fotografia dele e eu dizia-lhe que isso era coisa que se fazia quando as pessoas morriam, pois bem Sr. Carlos aqui está a sua frase...até um dia...

 

"Os homens perdem a saúde para juntar dinheiro, depois perdem o dinheiro para recuperar a saúde.
E por pensarem ansiosamente no futuro esquecem do presente de forma que acabam por não viver nem no presente nem no futuro. E vivem como se nunca fossem morrer... e morrem como se nunca tivessem vivido."

Dali Lama

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me por aqui

Goodreads

Blogs de Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Facebook

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D