Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Má que jête?

Este mundo tá passado dos carretos ´moss!

Má que jête?

Este mundo tá passado dos carretos ´moss!

31
Jul13

Ferias em risco por causa do cavalo

Susana

Sim não se riam que é mesmo verdade é mesmo por causa do pobre animal que corro o risco de não passar uma semana em Porto Côvo.

Passo a explicar, a cara metade tem um cavalo, o Diamante, que está lesionado porque o burro do vizinho (mesmo o animal não o homem) se soltou e foi implicar com o nosso Diamante, este  por sua vez irritado com a invasão tentou dar-lhe um coice mas acabou por acertar numa charrua e fazer um ferimento na perna.

Ora bem o animal agora tem que fazer tratamento todos os dias e se até Sábado não melhorar by by Porto Côvo, no máximo vamos um dia ou outro à praia mais próxima para matar o desejo mas fica-se por ai.

Mas pronto o que interessa é o bichinho ficar bom, aqui fica a foto dele.

 

27
Jul13

Mãe... 22 anos sem ti...

Susana

Às vezes sonho com a minha mãe, faz hoje 22 anos que a minha mãe morreu, tinha eu 12 anos e a minha irmã 7, são já raros os sonhos que tenho mas quando os tenho agarro-me a eles com muita força como quem tenta agarrar areia nas mãos pensando que ela não nos foge por entre os dedos, mas foge, foge sempre.

A minha mãe era linda, pele branca, macia, cabelo escuro sempre impecável, adorava vestir-se bem, adorava tornar-se criança conosco, sim a minha mãe era linda.

Penso muitas vezes como ela ia adorar ser avó, a minha sobrinha ia ser a sua grande paixao, ia adorar cuidar dela, mima-la ao máximo.

As pessoas pensam que o tempo faz a dor e a saudade passar, mentira, nunca há-de passar, podemos aceitar melhor mas o buraco no coração que a falta dela nos faz nunca fechará, quando somos criança a cicatriz que fica é maior, mais vincada.

Fica a saudade, o amor e as boas recordações.

Fazes-nos falta mãe...

 

 

25
Jul13

François Truffaut...Que pena, anda agora a tinha descoberto...

Susana

Soube agora que a actriz François Truffaut morreu, que pena, pelo pouco que vi do seu trabalho deu para ver que era uma grande actriz.

E o que vi eu do seu trabalho? pouco mas suficiente, digamos que o seu ultimo trabalho, o filme Paulette estava divinal e ficou no top 3 dos meus filmes franceses preferidos, ri muito com este filme, sabem aqueles filmes que queremos que durem mais, de um humor tão bem feito que nos dá um enorme prazer assistir, que quando acaba reparamos que estamos bem dispostos, mais leves...existem filmes assim.

Se não viram vejam e saberão do que falo, deixo-vos o trailer.

 

 

23
Jul13

Conta sem custos

Susana

A minha conta bancária anda sempre na linha de água a lutar para não se afogar, é algo a que já me habituei e não vejo maneira de mudar (só tende a piorar), a pergunta é, se a minha conta anda sempre tão limpinha, tão vazia qual é a razão de me cobrarem 15.60eur de manutenção?

É que não percebo, que trabalho têm eles com contas como a minha? Por acaso vão lá abrir as portas, arejar a divisão ou limpar o pó a três prateleiras com meia dúzia de notas? (às vezes nem isso tem), é que nem dinheiro gastam com papel e selos para enviar cartas já que faço tudo através da net.

E claro aqueles que têm contas recheadas já não pagam, claro são sempre os que menos têm que mais pagam, mas porque é que eu ainda me surpreendo se tudo o resto neste país funciona da mesma forma.

Enfim isto tudo para vos dizer que a Deco criou uma petição para acabar com esta cobrança injusta e abusiva por parte dos bancos, não custa nada assinar e só assim podemos ter hipótese de conseguir alguma coisa para os impedir de encher os bolsos à custa de quem mais precisa.

Eu cá achei uma rica ideia.

 

20
Jul13

Suicidio, que saída tão ingrata

Susana

Ando aqui às voltas a tentar escrever este post e as palavras estão difíceis de sair, parece que ficam entaladas.

O suicídio é um assunto duro, cruel, incompreensível para a maior parte das pessoas, a verdade é que o caminho que leva ao suicídio é longo, doloroso e muitas vezes solitário, muitas vezes as pessoas em redor só se apercebem quando a tragédia já aconteceu, quando é tarde demais.

Conheço bem a depressão, mais do que queria,  é algo a ter em atenção, é algo que deve ser seguido de perto com muita intensidade, a depressão dói mais que muitas doenças físicas e ainda hoje existem muitas pessoas a desconhecerem por completo a gravidade desta doença, e/ou a desvalorizarem a sua gravidade, a pensarem que são manias de quem não tem nada que fazer como já ouvi.

Hoje o namorado de uma amiga suicidou-se, essa minha amiga e a minha irmã são da mesma idade, cresceram juntas fazendo o percurso escolar juntas desde o infantário até ao secundário, vi-as crescer, vias tornarem-se mulheres, a acabar os cursos e a formar família.

Hoje o amor dessa amiga saltou para a morte, escolheu o local de trabalho para acabar com a vida, era enfermeiro no hospital de Portimão, eu querendo dizer alguma coisa sinto que nada será suficiente, nada apagará a dor de uma jovem cheia de planos para o futuro.

Não há muito que se possa dizer a não ser transmitir força e amor e tentar não julgar quem escolhe deixar este mundo.

Mais tarde voltarei a este assunto, hoje fico assim entregue aos meus pensamentos.

17
Jul13

Acho que o presidente anda a gozar conosco

Susana

Digam-me lá qual a necessidade de o homem ir visitar as ilhas selvegens nesta altura? Não estou a dizer que não possa ir passear, por mim vá onde quiser mas porra (desculpem lá a expressão) gastar 160 mil euros do nosso bolso por dois dias parece-me uma piada de mau gosto, andamos nós aqui a penar e a contar tostões e este senhor ainda goza com a nossa cara.

Sim senhor as ilhas selvagens são de uma grande importância ambiental, cientifica etc. mas o que é que ele lá vai fazer de produtivo? Querem lá ver que vai dar numa de cientista ambiental, calçar luvas, botas e meter-se ao trabalho, também me parece que não.

Se ficasse cá a trabalhar para arranjar uma saída para este buraco onde estamos enfiados fazia muito melhor figura e ainda poupava os 160 mil euros.

16
Jul13

Parabéns filho tiveste um 2 a matemática

Susana

Ontem no jornal da noite uma reportagem mostravam pais e filhos nas escolas a ver as notas que tinham saído, alunos do 6 e 7 ano, quem passou e quem chumbou.

Na mesma reportagem entrevistaram-se pais e alunos, perguntava-se como tinha corrido e claro as reacções eram variadas no entanto houve uma mãe que me chamou mais a atenção, ao telemóvel informava o filho das suas notas "Tiveste um 2 a matemática e 3 a português, parabéns filho passaste" Quê?! Depois ainda lhe perguntaram se estava orgulhosa do filho e ela respondeu que estava muito e eu mais uma vez digo:Quê!?

Como é que algum pai fica orgulhoso por o filho passar à rasca? Será que não percebe que estas notas são uma mensagem para os próximos anos?Mas o que é que se passa com esta gente? Alguma vez o meu pai ficava feliz por eu passar à rasca?!

O ensino está com sérios problemas e as medias deste ano são reflexo disso mesmo mas e a responsabilidade é de quem? Na minha opinião a culpa é um pouco de todos, ninguém está impune, são os professores envolvidos em greves, sem tempo para ensinar, é o governo a aumentar turmas a sufocar alunos e professores com horários e cargas maradas, são os pais, que como já vimos deviam exigir mais dos filhos e por fim as personagens principais, os alunos que se vão desleixando não se empenhando como deviam.

Enfim resta esperar que lhes entre algum bom senso na cabeça.

15
Jul13

Hum...que fim de semana

Susana

Andei fugida este fim de semana mas tive razões muito fortes para tal é que desde sexta feira que a palavra de ordem foi divertimento em família e amigos (que são como família).

Sexta feira a cara metade veio-me buscar a Lisboa e seguimos para o Algarve onde tudo iria começar, viagem calma onde aproveitamos para falar do que nos esperava mas por mais que se falasse não fazíamos ideia que ia ser tão espectacular.

Um casal amigo ingleses fazia anos, eles são como família, de facto são os padrinhos da minha sobrinha, são pessoas excepcionais faziam anos mas foram eles que nos ofereceram prendas, eles têm um iatezito mas como queria levar a malta toda alugaram um outro um pouco maior para nos levar a passear pela costa algarvia, o dia TODO.

Uma pessoa não está habituada a estas mordomias, a ter dois rapazes a servir-nos todo o dia, o copo nunca ficava vazio fosse com champagne, vinho ou cerveja, enfim coisas a que aqui a malta não está habituada.

Mas o melhor de tudo é que foi um dia passado em família, um dia como há anos não tínhamos, principalmente o meu pai que vive preso no restaurante, a minha mana o meu cunhado a cara metade, enfim todos adoramos.

Ontem foi dia de regressar e a cara metade fez questão de me surpreender com uma viagem pela costa alentejana que terminou com um almoço fenomenal, escusado será dizer o quando estafada estava quando cheguei a casa, o estado era tal que a tarde foi passada a dormir apenas interrompendo para jantar para depois continuar.

Soube bem esquecer os problemas por dois dias e aproveitar a companhia dos que amamos.

Fica aqui a foto do nosso barquito :-) 

11
Jul13

Prendas em tempo de crise

Susana

Se há coisa que dá que pensar é termos que descobrir o que oferecer a alguém nos tempos que correm e os tempos que correm são tempos em que o dinheiro está escasso (muitooo descanso), então que fazemos? Não queremos ir ali ao chinês da esquina comprar um par de chinelos a 1 euro não é?! Há que puxar pela imaginação e pesquisar, claro que ajuda o facto de viver em Lisboa e as opções de escolha serem imensas.

Hoje tinha duas prendas para comprar, um casal de amigos, ingleses, nos cinquentas, duas prendas ao mesmo tempo! respirei fundo e analisei o meu percurso, tinha uma consulta às seis e o trajecto passava pelo campo pequeno, mais precisamente pela praça de touros, para quem não sabe tem um centro comercial muito simpático por baixo, fui lá e foi o melhor que fiz.

Logo à entrada deparo-me com aqueles quiosques que ficam no meio dos corredores que fazem t-shirts na hora, vi uma que era a cara do meu amigo que sei que vai amar, 10 euros e já está, para ela descobri uma loja espectacular chamada canetas e foi o meu auge, ali em quinze minutos encontrei tudo o que precisava, comprei uma esferográfica Pierre Cardin LINDA com 60% de desconto.

Não gosto de passar horas enfiada um shooping, gosto de chegar, ver, gostar e comprar (o que nem sempre é possível) e hoje foi um desses dias, mal posso esperar pela noite de amanhã para lhes entregar as prendas (que não são só minhas).

Por isso quando tiverem que comprar alguma coisa pesquisem primeiro ou então façam vocês  mesmo, no Natal fartei-me de fazer bricolage e saíram coisas bastante engraçadas que não só ficam mais baratas como são prendas personalizadas, uma recordação para a vida.

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me por aqui

Goodreads

Blogs de Portugal

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

  •  
  • Facebook

    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D